Última atualização: 26 de junho de 2020

Início » Cursos » Cursos técnicos gratuitos Pronatec – Como se inscrever?

Cursos técnicos gratuitos Pronatec – Como se inscrever?

Pronatec

Pronatec cria oportunidade de formação e desenvolvimento profissional

Programa criado pelo Governo Federal disponibiliza cursos de educação profissional e tecnológica por meio de ações de assistência técnica e financeira

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado em 2011 pelo Governo Federal através da lei nº 12.513, tendo como principal proposta ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, através da criação de programas, projetos e ações que visam a assistência técnica e financeira.

São diretrizes do Pronatec a expansão das redes federais e estaduais de educação profissional e tecnológica, a ampliação da oferta de cursos técnicos na modalidade a distância, o aumento do acesso gratuito a cursos de educação profissional e tecnológica em redes públicas e privadas, além da ampliação das oportunidades de capacitação profissional para trabalhadores de forma articulada com as políticas de geração de emprego.

O Pronatec foi criando visando os estudantes de ensino médio com baixa renda, os trabalhadores, os beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família, e estudantes que tenham concluído o ensino médio em escolas públicas. 

Atuando em parcerias com instituições de ensino reconhecidas no país, como SENAI, SENAT e SENAC e o SESI, o PRONATEC oferece subsídios e bolsas de estudo integrais, garantindo a formação e eventual ingresso no mercado de trabalho dos adeptos ao programa.

Algumas instituições privadas de ensino superior, também já ingressaram no Pronatec, oferecendo ao candidato a oportunidade de realizar o sonho de ter um diploma universitário.

Entre as várias opções de cursos disponíveis destacam-se os cursos técnicos que visam um ingresso rápido dos alunos no mercado de trabalho, com carga horária média de 800 horas; os cursos de formação inicial e continuada, voltados em práticas de áreas especificas, com carga horária de 160 horas, permitindo ao aluno ter um amplo conhecimento e poder ingressar em várias modalidades de trabalho; e o e-pronatec que permite, uma parceria com a rede e-Tec Brasil que permite aulas online na modalidade de ensino a distância, facilitando a vida do estudante que não tem condições de se deslocar até o local físico, para ter aulas presenciais.

Leia também:  FGV disponibiliza cursos online gratuitos

Como participar dos cursos do Pronatec?

O candidato interessado em participar do Pronatec deve ter concluído o ensino médio ou estar cursando em escola pública, ou instituição privada como bolsista, tendo renda familiar inferior a dois salários mínimos e ser maior de 16 anos.

Fazer inscrição no Pronatec

Para realizar a inscrição no Pronatec é necessário apresentar histórico escolar completo, comprovante de residência, fotografia 3×4, RG e CPF originais e cópias dos mesmos.

As inscrições no Pronatec devem ser feitas pelo site oficial do programa, na própria instituição de ensino que o aluno almeja estudar, ou nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) locais, onde é realizado o Cadastro Único (CadÚnico), do candidato a uma vaga no Pronatec.

Para realizar a inscrição diretamente no site do Pronatec, você precisa acessar o link: http://pronatec.mec.gov.br/inscricao/ – Porém boa parte do ano o link não fica disponível, é bom sempre entrar e ver a disponibilidade.

No ato da inscrição são solicitados dados pessoais e sobre a região que o candidato reside, nas inscrições online, aparece as instituições de ensino mais próximas da cada do candidato e as opções de cursos disponíveis, caso não haja vagas em determinado curso, aparece um quadrado vermelho indicando que as vagas já foram devidamente preenchidas, caso haja alguma desistência, o candidato interessado na vaga, é informado por e-mail.

Após a aprovação da inscrição, o candidato deverá ir até a instituição de ensino, onde estudará, para fazer sua matrícula, é importante salientar que cada instituição tem um prazo para a realização da matrícula.

No site do Pronatec há um guia listando todas as instituições que já aderiram ao programa e os cursos disponíveis, facilitando a escolha do interessado em participar do programa.

Leia também:  SENAC oferece oportunidade de Ensino a Distância (EAD)

Criando oportunidades igualitárias e permitindo a capacitação de pessoas que em breve irão ingressar no mercado de trabalho, o Pronatec é um programa essencial que ajuda a educação, permitindo que através do estudo, pessoas mudem suas vidas e de seus familiares, adquirindo recursos para sua subsistência, mudando pouco a pouco a realidade social e econômica do país.

PRONATEC X Novos Caminhos

Programas como o Pronatec devem ser divulgados e ampliados, para que possam ajudar um número maior de brasileiros que não tem o acesso ao estudo, observando o potencial do Pronatec, em outubro de 2019 o Governo Federal lançou um novo programa focado em educação profissional, denominado Novos Caminhos.

O programa Novos Caminhos, deve oferecer 1,5 milhões de vagas até o ano de 2023, funcionando nos moldes do Pronatec. A iniciativa Novos Caminhos visa acabar com preconceitos em relação aos cursos técnicos e melhorar a qualificação profissional, voltando a educação para o mercado de trabalho, prevendo uma série de ações que mudam a regulação da oferta de cursos técnicos e a formação de professores, aumentando as vagas nos cursos profissionais e técnicos.

Até o ano de 2022, haverá a reciclagem de 40 mil professores da rede pública, através de aulas sobre atualização tecnológica, e a inserção de técnicas pedagógicas que se voltam ao ensino profissional, melhorando a qualidade dos cursos técnicos e profissionalizantes.

As vagas do programa Novos Caminhos serão destinadas a estudantes do ensino médio e a jovens adultos que já completaram o segundo grau.

O Ministério da Educação- MEC, aponta que o Brasil está longe da demanda ideal de oferta de educação profissional, através de cursos técnicos. O Brasil oferta 8% de ensino técnico aos jovens, sendo que em países como o Reino Unido, esse percentual chega a 63%.

Leia também:  SENAI oferece cursos online gratuitos durante a pandemia

O programa Novos Caminhos, pode ser visto como a atualização do Pronatec, apesar de ambos coexistirem, se o programa for bem executado poderá nos próximos anos vir a incorporar o Pronatec, fortalecendo-se e criando um programa mais forte, que garante oportunidades de estudo igualitárias.

Focar no ensino técnico, prepara novos profissionais para o mercado de trabalho e aumenta a eficácia do mesmo, tornando-o mais ágil e dinâmico, consequentemente, gerando impactos positivos na economia do país, que se beneficia com a atualização e modernização do mercado de trabalho, como em um ciclo.

Fortalecendo a educação, o país encontra-se perto de passar por uma revolução, socioeconômica, que criará um Brasil mais justo, onde as diferenças sociais, observadas diariamente, serão amenizadas.