Última atualização: 21 de julho de 2020

Início » Curiosidades » Países que não precisam de visto para morar

Países que não precisam de visto para morar

Saber quais países que não precisam de visto para morar é uma das curiosidades de quem deseja ter uma nova experiência de vida, conhecer culturas, gastronomias diferentes, exercer sua tão amada profissão em outro continente, praticar esportes longe dos limites territoriais de sua nação, etc. 

O sonho de morar em outro país pode ser muito atraente, principalmente considerando o lugar em que você mora. Essa sede de mudança, de conhecer outros países do mundo e vivenciar seus costumes por um período, ou, passar sua vida num território diferente, é muito comum entre pessoas de diferentes faixas etárias e classe econômica. 

Morar em outro país é algo possível para qualquer pessoa, desde que atenda aos requisitos necessários. É comum que a maior exigência seja o visto, no entanto, atender a mesma não é fácil para todos, mas existem países que não precisam de visto para morar. 

No entanto, mesmo nestes países que o visto não é um requisito, o desafio da imigração ainda existe, uma vez que, é preciso atender as suas exigências. 

Confira a seguir quais países que não precisam de visto para morar e o que é preciso para conseguir ser um imigrante legal nos mesmos:

7 Países que não precisam de visto para morar

Está curioso para saber quais são os países que não precisam de visto para morar? Existem mais de 70 países para os quais os brasileiros podem imigrar sem visto, desde que atendam aos requisitos, como pode conferir no site do Ministério de Relações exteriores. No entanto, na lista a seguir elencamos 7 países considerados alguns dos destinos mais procurados por quem deseja realizar esta mudança em sua vida:

Áustria

Áustria
Áustria

Vamos esclarecer uma coisa: se você gosta de casas bonitas e baratas, essa não é sua melhor opção. A Áustria é um país pequeno que opera como uma loja moderna: pequena, fascinante de se ver, mas tão cara que você terá que ter uma ótima profissão ou muito dinheiro para sustentar o padrão de vida.

Leia também:  100 perfis no Instagram mais seguidos no Brasil e no mundo (lista atualizada)

Além das belas paisagens, arquitetura, culinária e outros, a Áustria tem algo a seu favor. Segundo o jornal The Telegraph, a Áustria oferece 10 autorizações de residência diferentes. E nenhuma requer investimento interno.

A mais importante que deve saber é que aqueles que não forem nativos e estiverem imigrando da Europa ou dos Estados Unidos, terão que solicitar a permissão para residir na Áustria em seu país de origem.

Bélgica

Bélgica
Bélgica

A pequena Bélgica, com sua cerveja saborosa e suas belas cidades, permite facilmente uma residência de longo prazo. A condição? Tenha um emprego.

É certo que a condição parece complicada para pessoas que estão indo para o país sem emprego ou não são formados em uma graduação que possa exercer lá, por exemplo. No entanto, na Bélgica, você poderá procurar emprego como estrangeiro em diversos estabelecimentos e setores do mercado e, após quinze dias de trabalho efetivo, receberá uma autorização de residência. 

Esta nação da América Central de língua inglesa, possui um baixo custo de vida e praias paradisíacas, esse é um dos melhores países para se estabelecer.

Na Bélgica, você pode solicitar uma residência permanente após um ano de estadia. Para isso, é necessário entrar com um visto de turista por 30 dias, que deverá ser renovado todos os meses. Ao chegar a 50 semanas, uma taxa deve ser paga, e, após algumas burocracias, não haverá mais problemas. Alguns estados ou departamentos provinciais, no entanto, exigem que você deixe o país por 15 dias a cada 6 meses.

Canadá

Canadá
Canadá

Ao contrário das políticas rígidas e restritas dos EUA, o Canadá é o rosto amigável do vizinho do norte, mesmo quando se trata de imigração, e um dos países que não precisam de visto para morar. 

Leia também:  Quais são os animes mais famosos que existem?

As regras de imigração do Canadá variam de acordo com a sua habilidade profissional. Para aqueles que atingem o nível de qualidade ou educação de que o Canadá precisa, o processo é quase expresso, basta preencher um formulário de avaliação. Se a sua pontuação for alta, você provavelmente conquistará a entrada no país e poderá residir sem problemas. Ajuda também ter familiares no país ou ter estudado lá.

Costa Rica

Costa Rica
Costa Rica

A Costa Rica é um dos países que não precisam de visto para morar. É concedido uma autorização de residência temporária, que se refere ao período dos contratos de trabalho, ou, estudos. Caso, queira morar de forma permanente em um dos países com as belezas naturais mais incríveis do mundo, é necessário realizar a solicitação de autorização, efetuar o pagamento de uma taxa e ter em mãos os documentos requeridos para dar entrada no processo de imigração. 

Equador

Equador
Equador

O Equador é outro país que não exige o visto para imigração, no entanto, a residência temporária possui validade de dois anos, além da apresentação do formulário de imigração preenchido, passaporte, antecedentes criminais e o pagamento da taxa que custa US$ 250. 

Para solicitar a residência permanente é necessário apresentar o documento que comprove o período de residência temporária concluído, efetuar o pagamento da taxa de US$ 300 e o antecedente criminal emitido pelo Equador. 

Panamá

Panamá
Panamá

Muitos descrevem o Panamá como o país que se separou da Flórida e acabou na América Central. É seguro, bem desenvolvido, o inglês é o idioma falado e a moeda é o dólar. O salário mínimo no país é de US $ 667 por mês, ou seja, é preciso ter uma fonte de renda que se iguale ou seja maior que este valor. 

Leia também:  Dicas de negócios para montar em plena crise

Os aposentados possuem o benefício de precisar ter apenas o salário mínimo necessário mensalmente, para residir no país. Mas, para os mais jovens, é preciso fazer um depósito de 5.000 dólares em um banco panamenho, além de comprovar a renda mencionada acima. 

Para finalmente obter o direito de morar no país por um período indeterminado, você deve vir de um país “amigável”, encontrar um emprego ou abrir um negócio.

Paraguai

Paraguai
Paraguai

Terminando a lista dos países que não precisam de visto para morar, não podia faltar o Paraguai! Para obter residência é necessário um requisito: depositar dinheiro em um banco paraguaio. Obviamente, uma pequena soma não é suficiente, mas também não é preciso ter uma quantia muito alta.

O valor ideal deve ficar em torno de 35 vezes o salário mínimo mensal que, atualmente, é de R$ 1.220,00.

Como podemos observar, o visto não é, necessariamente, extinguido, para manter residência por tempo indeterminado no país, é necessário cumprir os requisitos para conquistar aprovação de moradia.

Se precisar autenticar algum documento que queira levar nas viagens, procure o serviço de cartório online para facilitar sua vida.